Incidência da insônia

2 minutos para ler

A insônia é um distúrbio do sono que já acomete grande parte da população de forma crônica. Ele é tão comum que se você não sofrer deste mal deve conhecer alguém que sofra, por isso vamos conhecer alguns dados mais detalhados sobre essa condição.

Segundo a Associação Brasileira do Sono, cerca de 36,5% dos brasileiros sofrem com insônia, ou seja, cerca de 73 milhões pessoas. Esse número representa a soma dos habitantes dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás, sendo os dois primeiros os mais populosos do país. Dessa população, mais de 11 milhões de brasileiros, o equivalente a 7,6% da população, usam medicamentos para dormir, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na população mundial, a dificuldade para dormir atinge 45% das pessoas, porém mulheres acima de 50 anos representam o maior grupo de risco para a insônia, segundo pesquisas do University College de Londres. Nas mulheres que descansam por menos de 5 horas, seu organismo apresenta um índice maior de proteína C. Esta molécula tem relação direta com riscos de problemas do coração. Além disso, a insônia aumenta as chances de problemas cardiovasculares e pode causar complicações emocionais como: estresse, ansiedade, baixa autoestima e depressão.

A Academia Americana de Medicina do Sono afirma que o período ideal de sono é de 7 a 8 horas. Menos que isso, há graves danos ao sistema imunológico, aumento das chances de doenças cardiovasculares e de obesidade, além de ser a porta de entrada para doenças psicológicas.
Conforme aponta um relatório global sobre transtornos mentais da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil já pode ser considerado o país mais deprimido da América Latina. No ranking mundial, ele ocupa a quinta posição.

Por isso, ao menor sinal do problema é recomendado procurar ajuda médica. O quanto antes ser tratado, menores são as chances dela se tornar crônica e de desencadear outros problemas de saúde. Uma boa noite de sono é o primeiro passo para uma visa com mais qualidade!

Posts relacionados

Deixe um comentário